Depois da desgastante viagem de retorno de Erechim, no Rio Grande do Sul, o elenco coxa-branca ganhou folga ontem à tarde e somente os jogadores que não participaram da estreia na Copa do Brasil treinaram no CT da Graciosa. Hoje, o grupo inteiro faz um trabalho fechado à imprensa, no estádio Couto Pereira.

O técnico Marcelo Oliveira anunciou ontem que o treino desta sexta-feira seria fechado, pois quer preparar algumas surpresas para o Atlético. “O trabalho com os portões fechados será para definir detalhes, como uma bola parada, uma falta ou uma correção que pode definir o jogo. Detalhes são importantes nesse momento”, disse o treinador.

Mas Oliveira não garante que o treino secreto signifique uma mudança no esquema tático, como se especulou durante a semana que o Coritiba poderia atuar no 3-5-2 diante do Furacão: “Na verdade, não tem nada substancial. Vamos estudar duas situações, justamente por que a gente tem uma condição de resultado boa para esse jogo. O que vamos trabalhar nessa sexta-feira (hoje) é apenas a bola parada e uma situação ou outra que pode definir a partida”.

O zagueiro Jeci vem se recuperando de uma lesão e, quem sabe, pode ser a grande surpresa do clássico ou até mesmo Cleiton pode ser usado na zaga alviverde, caso o treinador opte mesmo pelo esquema 3-5-2.