O Coxa viaja ao interior do estado para tentar a primeira vitória fora de casa no segundo turno. Contra o Paranavaí, o técnico Marcelo Oliveira terá a ausência de Leandro Donizete, vetado, e conta com o retorno do jovem Willian, que atuou enquanto o volante se recuperava de uma lesão durante a primeira etapa do Campeonato. Marcos Paulo também não viajou com a delegação depois de sentir um mal estar.

Depois de uma sequência de 14 jogos sem amargar nenhuma derrota, a base para manter a invencibilidade vem da concentração. “Além de não dar tempo de pensar muito, são jogos decisivos, que a gente precisa estar forte e bem concentrado. Nós vamos enfrentar uma equipe que tem um contra-ataque rápido, tem bons jogadores no meio campo”, elogiou o treinador, em alusão à equipe do ACP.

No histórico de confrontos, o Alviverde tem 29 vitórias e apenas 2 derrotas para o time do interior. A vantagem é grande, mas em campo a realidade costuma ser outra. “O Paranavaí já nos deu muito trabalho no primeiro turno. Apesar de nós termos vencido por 3 a 0, foi um time que se mostrou bom no sentido de marcação, muito bem dipsosto em campo e com contra-ataque bom. Em casa, vai ser muito mais difícil. A gente tá previnido pra isso”, garantiu Oliveira.

Quanto ao desfalque de Donizete, o técnico informa que o jogador já está trabalhando firme e deve voltar para o clássico diante do Paraná Clube, no próximo domingo. “A intenção é não levá-lo por uma prevenção e ele trabalhar mais forte nessa semana. Fisicamente já tá sendo feito um trabalho pra que ele possa estar à disposição no domingo”, contou.