Por Rodrigo Dornelles

Uma dura missão espera Tite e seus comandados na estreia do técnico na seleção brasileira. Logo em sua primeira partida à frente do selecionado, o treinador terá que encarar um Equador em alta e um tabu de mais de 30 anos. O Brasil entra em campo a partir das 18h (horário de Brasília) para seu primeiro desafio sob o comando do novo técnico.

A seleção brasileira joga em um local ingrato nesta quinta-feira (1). O time brasileiro vai até Quito, capital do Equador, cidade que não traz boas lembranças para o Brasil. Um tabu espera Tite e seus jogadores. A última vez que a seleção venceu o Equador, jogando fora de casa, foi em 1983, há 33 anos. Desde então, duas derrotas e um empate sofrido na casa do adversário.

Seleção de Tite estreia contra Equador. (Divulgação/ CBF)

Seleção de Tite estreia contra Equador. (Divulgação/ CBF)

Se não bastasse a dificuldade natural encontrada na altitude de Quito, o Brasil ainda terá pela frente um rival em alta. Vice-líder das Eliminatórias, o Equador vive grande momento e busca retomar a liderança da fase eliminatória para a Copa do Mundo. Com 13 pontos, o time equatoriano está empatado com o Uruguai na ponta da tabela de classificação.

Para sua estreia, o técnico Tite não faz mistério em relação à equipe que vai a campo. Em entrevista coletiva nessa quarta-feira (31), o treinador revelou o time titular. O Brasil joga com Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Willian Renato Augusto, Paulinho e Neymar; Gabriel Jesus.

FICHA TÉCNICA
EQUADOR x BRASIL

Local: Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito.
Data: 1º de setembro de 2016.
Horário: 18h (horário de Brasília).
Árbitro: Enrique Cáceres Villafañe (Paraguai)
Assistentes: Eduardo Cardozo Escobar e Milciades Saldivar Franco (Paraguai).

Equador: Domínguez; Paredes, Achilier, Arturo Mina e Ayoví; Noboa, Orejuela, Ibarra e Montero; Bolaños e Caicedo.
Técnico: Gustavo Quinteros.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Willian, Renato Augusto, Paulinho e Neymar; Gabriel Jesus.
Técnico: Tite.