Taça da Copa Sul-Americana será entregue nesta quarta-feira (21) para a Chapecoense (Divulgação/Conmebol)

A Conmebol confirmou nesta terça-feira que vai entregar à Chapecoense o troféu da Copa Sul-Americana durante o evento que sorteará as chaves da próxima edição da Copa Libertadores, na noite desta quarta, em Assunção, no Paraguai.

O time catarinense foi oficializado como campeão da Sul-Americana a pedido do Atlético Nacional, com quem decidiria o título do campeonato nas finais que foram canceladas após o acidente aéreo que vitimou 19 jogadores da Chapecoense. Ao todo, 71 pessoas morreram na tragédia ocorrida no dia 29 de novembro, perto da cidade de Medellín, na Colômbia.

O voo levava a delegação da Chapecoense para o primeiro jogo da final, na cidade colombiana. O acidente, porém, acabou com o sonho do time brasileiro de disputar sua primeira decisão internacional da história. A tragédia causou comoção mundial e fez o Atlético Nacional pedir à Conmebol para conceder o título ao adversário como homenagem às vítimas da tragédia.

A decisão sobre o título da Sul-Americana foi anunciada pela Conmebol no dia 5 de dezembro, porém o troféu só será entregue nesta quarta, no sorteio da Libertadores. O evento também terá homenagens às vítimas do acidente aéreo e a entrega ao Atlético Nacional do prêmio “Centenário Conmebol de Fair Play”, em razão do pedido para conceder o título ao adversário.

“Será o reconhecimento a estes dois grandes times sul-americanos, que demonstraram a grandeza de nosso futebol e que nos lembraram da importância do valor do espírito de paz, da compreensão, e do jogo limpo entre os adversários”, declarou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.