Encerrada a primeira fase da Copa do Brasil, os times paranaenses conheceram ontem seus próximos adversários na competição. Com exceção do Iraty, que foi eliminado pelo Grêmio Prudente, Atlético, Coritiba e Paraná seguem em busca deste título inédito para o futebol paranaense.

Na segunda fase da Copa do Brasil, o Paraná enfrenta o Botafogo, do Rio de Janeiro. A primeira partida será na Vila Capanema, no dia 30 de março, às 19h30 e a segunda no Engenhão, dia 6 de abril às 21h50. Já o Coritiba vai até Goiânia enfrentar o Atlético-GO, dia 17 de março às 21h30 e depois recebe o Dragão no Couto Pereira, dia 30, às 21h50. Por fim, o Atlético enfrenta o Paulista, de Jundiaí, primeiro no interior paulista, no dia 16 de março e depois joga na Arena da Baixada, no dia 6 de abril, no mesmo horário.

O Botafogo de Joel Santana sofreu para eliminar o River Plate, de Sergipe. No jogo de ida, foi surpreendido e voltou do Nordeste com derrota por 1 a 0. Ontem, em pleno Engenhão, venceu por 1 a 0 com um gol duvidoso, pois pareceu que a bola não entrou completamente no gol. A decisão foi para os pênaltis e aí o Botafogo conseguiu a classificação ao converter 4 penalidades, contra apenas uma do time sergipano.

O Atlético-GO, do ex-técnico coxa-branca René Simões, também não teve vida fácil na primeira fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, em Santa Catarina, perdeu para o Brusque por 3 a 2, mas os dois gols marcados fora de casa acabaram salvando o Dragão, que ontem venceu o time catarinense por 1 a 0 em casa e avançou de fase na competição.

Já o Paulista não foi bem na primeira partida, mas se recuperou em casa. Na estreia na Copa do Brasil, o time de Jundiaí, que já venceu este torneio em 2004, perdeu para o São José (RS) por 1 a 0. Ontem, a equipe paulista goleou o adversário por 3 a 0, com tranquilidade, e diante de sua torcida se credenciou para seguir na competição e agora enfrentar o Furacão.