Em sua estreia no Campeonato Brasileiro, o Coxa entrou em campo com o time titular, mas errou muito durante toda a partida, e mesmo atacando mais que o adversário, acabou perdendo para o Atlético-GO por 1 a 0, em pleno estádio Couto Pereira. Esta foi apenas a segunda derrota do Verdão na temporada 2011, que volta a jogar quarta-feira, contra o Ceará, pela semifinal da Copa do Brasil.

Primeiro tempo

Empurrado pela força das arquibancadas e com o time 100% titular, o Coritiba foi pra cima do Atlético-GO e criava as melhores jogadas de ataque. Aos 4 minutos, Anderson Aquino tabelou com Davi, recebeu na frente e bateu colocado, mas a bola passou raspando a trave adversária. Aos 7, Davi recebeu boa bola, mas adiantou demais e o goleiro Márcio fez a defesa.

Aos 10 minutos, o primeiro ataque do time goiano, com chute de Felipe que Edson Bastos conseguiu defender. Um minuto depois, Jonas fez bom cruzamento para Bill, mas Anderson fez o corte. O Coritiba jogava melhor que o Atlético-GO e tocava a bola com velocidade. Aos 21 minutos, Jonas foi lançado, mas Márcio saiu nos pés do lateral para ficar com a bola. O goleiro sentiu dores na clavícula e teve que ser substituído.

Aos 29 minutos, Davi tocou para Anderson Aquino, que soltou uma bomba, mas Roberto fez grande defesa. O tempo passava e o Coxa apresentava certo nervosismo em campo, tanto que não conseguiu abrir o placar no primeiro tempo. O Atlético-GO marcava bem e o Verdão errava muitos passes. Com isso, a partida foi para o intervalo com placar de 0 a 0.

Segundo tempo

O Coritiba não voltou bem para o segundo tempo, pois seguia errando muito nos passes e com dificuldades de furar a forte defesa do Dragão. Aos 2 minutos, Rafinha cruzou e Roberto voou na bola tirando da cabeça de Bill. Aos 7 minutos, Rafinha cruzou novamente, mas dessa vez Bill cabeceou para o fundo das redes. Mas o gol coxa-branca foi anulado porque Bill estava impedido.

O Coritiba já não tinha o mesmo ritmo do primeiro tempo e só voltou a atacar com perigo aos 21 minutos: Bill recebeu na pequena área e bateu fraco para grande defesa de Roberto. Aos 23, Rafinha fez fila na marcação e bateu forte para mais uma defesa de Roberto. Depois dos 25 minutos, o Coxa foi pra cima do Atlético-GO e pressionava em busca do primeiro gol, mas mesmo assim continuava errando excessivamente.

Em um dos raros momentos de ataque do Dragão, Thiago Feltri cruzou e Marcão bateu com categoria, na saída de Edson Bastos: 1 a 0 Atlético-GO. O jogo continuava ruim para o Coritiba, enquanto o time goiano aproveitava-se da vantagem no placar e administrava o resultado. Aos 36 minutos, Felipe acertou a trave de Edson Bastos. E a equipe visitante segurou a vitória por 1 a 0 até o apito final.