No último amistoso da Seleção Brasileira (vitória por 1 a 0 em cima da Costa Rica, na sexta-feira), o goleiro Júlio César teve que ser substituído no segundo tempo por ter sentido dores na coxa. O atleta foi melhor avaliado e ficou constatada uma pequena lesão no músculo adutor da coxa esquerda.

Sendo assim, Júlio César acabou cortado do amistoso da próxima terça-feira, contra o México, a partir das 22h30. O arqueiro já deixou a cidade de Torreón com destino à Milão, onde iniciará o tratamento com os médicos do seu clube, a Inter de Milão. O titular do Brasil diante do México será Jefferson, do Botafogo. Neto, ex-Atlético e atualmente na Fiorentina, será o reserva imediato.

“Conversei com o Mano e por uma questão de sensatez nós o liberamos para retornar ao clube amanhã (domingo). Ele já teve esse problema antes, então é melhor que siga o tratamento lá para não piorar”, disse o médico da Seleção Brasileira, dr. José Luiz Runco, afirmando que o goleiro deverá ficar pelo menos uma semana parado.