O Paraná tem praticamente uma semana inteira para trabalhar e pensar nas duas partidas seguidas que vai disputar na Vila Capanema. A primeira delas será contra o Barueri, na próxima sexta-feira (5), às 21h, e, depois, contra o ABC, no sábado (13). A sorte de jogar duas vezes consecutivas em casa só vai se repetir na 24ª e 25ª rodada, quando o Tricolor recebe Goiás e Náutico no Durival de Britto.

Os dois jogos seguidos vêm para equilibrar a tabela do Paraná que, em 14 partidas disputadas até agora, foi visitante em oito oportunidades, vencendo três jogos longe da Vila. Em casa, a matemática também é positiva. Das quatro derrotas sofridas pelo Tricolor na competição, apenas uma aconteceu nos seus domínios. A campanha do Barueri, 14º colocado com 17 pontos, não é das melhores: caso seja derrotado na Vila, o time que teve o técnico Sérgio Soares demitido no último sábado, corre riscos de entrar na zona de rebaixamento.

Time

Para sexta-feira, o Roberto Fonseca terá o retorno de Luciano Castán, suspenso no jogo com o São Caetano. Já Cris, que também cumpriu suspensão, acabou punido com seis jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após a expulsão que sofreu na partida contra o ASA.

O Departamento Médico do clube ainda vai reavaliar o meia Wellington e o lateral Lisa, que se recuperam de lesão e ainda são dúvida para a partida contra o ASA.