O Furacão voltou. Essa é a esperança dos torcedores atleticanos após o time conquistar a primeira vitória no Brasileirão 2011 após 11 jogos. Dentro da Arena da Baixada, El Morro García fez a festa da torcida com dois gols, e o rubro-negro saiu com o placar de 2 a 1 em cima do Botafogo. O treinador Renato Gaúcho, que em três partidas no comando da equipe já soma quatro pontos, preferiu deixar a euforia de lado após a vitória.

“O time evoluí a cada jogo, não posso chegar aqui e mudar tudo de uma hora para a outra, o primeiro passo é tirar o time dessa situação”, explicou o comandante do Furacão.

Renato Gaúcho priorizou durante a semana os trabalhos com finalização, e tanto treinamento resultou nos gols de El Morro, que está ainda em fase de adaptação. “Ele precisa de tempo, tem apenas 20 anos, mas está aprendendo o estilo de jogo brasileiro no dia a dia”, destacou Renato.

Apesar da vitória e dos gols do uruguaio, o treinador voltou a pedir reforços para o elenco atleticano. “Precisamos de reforços e estamos correndo atrás, inclusive para a posição do El Morro García, pois não podemos depender apenas dele como centroavante”.

O comandante do Atlético agradeceu ao apoio dos 14mil torcedores presentes na noite deste sábado na Arena da Baixada e prometeu que o rubro-negro vai atrás de um bom resultado em Fortaleza, onde o Furacão enfrenta na próxima rodada o Ceará. O jogo de quinta-feira, às 21h, é a oportunidade do Atlético subir na classificação, já que permanece na lanterna do Campeonato Brasileiro com cinco pontos e há cinco também do 16º colocado até o complemento da 11ª rodada.