Por Guilherme Coimbra

Ouça os gols da vitória na narração de Marcelo Ortiz:

Coritiba venceu o Rio Branco por 2 a 1 no Couto Pereira (Geraldo Bubniak)

O Coritiba é o novo vice-líder do Campeonato Paranaense. A ascensão foi confirmada com a vitória sobre o Rio Branco, por 2 a 1, na noite deste domingo (26), no Couto Pereira. O triunfo alviverde foi construído pela ‘família Santos’ da equipe. Com gols de Alan Santos e Léo Santos, o Coxa foi aos 20 pontos e deixou o Leão da Estradinha em situação complicada, na beira da zona de rebaixamento.

Depois de um primeiro tempo fraco e sem grandes chances para ambos os lados, com o Rio Branco buscando mais a criação, o Coritiba voltou pulsante para a etapa final. Aos 10 minutos, Alan Santos subiu mais alto que a defesa e abriu o placar. Pouco depois, aos 18, Léo Santos recebeu passe de Rodrigo Ramos, dominou com tranquilidade e mandou para o fundo das redes. O Leão da Estradinha descontou já no apagar das luzes, com Juninho, aos 46, em chute que desviou na defesa alviverde e morreu na meta de Wilson.

O Verdão volta a campo na próxima quarta-feira (29), às 21h45, para encarar o Londrina, fora de casa, no Estádio do Café, em jogo válido pela última rodada do estadual.

Primeiros 45 minutos improdutivos e sem bola na rede

Em um primeiro tempo sonolento no Alto da Glória, o Coritiba pouco criou e assistiu o Rio Branco chegar mais vezes e com mais tranquilidade ao ataque. As duas melhores chances alviverdes quase não assustaram o goleiro Dalton. A primeira, de Neto Berola, aos quatro minutos, passou por cima do gol. A mais perigosa foi uma cabeçada de Kleber, aos 28, que o arqueiro do Leão salvou.

Já o Rio Branco abusou das jogadas da sua dupla de ataque para ameaçar. Aos 19 minutos, Minho subiu livre na defesa e cabeceou à esquerda do gol de Wilson. Eric também tentou pelo alto, aos 30, mas a bola passou por cima da meta.

Com novo ímpeto, Coxa constrói vitória tranquila no segundo tempo

Com uma postura mais ofensiva e tomando atitude, o Coritiba construiu a sua vitória com tranquilidade na etapa final. Logo nos primeiros minutos, foram três grandes chances com Léo Santos, Alan Santos e Iago.

A insistência trouxe o êxito ao Coxa logo em seguida. Aos 10 minutos, Tiago Real cobrou falta na área e Alan Santos, de cabeça, mandou no ângulo esquerdo de Dalton para abrir o placar. Com o ânimo do primeiro gol, o Coritiba chegou ao segundo pouco depois, aos 18, com Léo Santos aproveitando cruzamento rasteiro de Rodrigo Ramos.

O Coritiba seguiu com intensidade em busca do terceiro gol, mas não alcançou por conta de duas infelicidades de Kleber, que perdeu cara a cara. O Rio Branco descontou já nos minutos finais, aos 46, com Juninho, em um chute que contou com o desvio na defesa coxa-branca para dar números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2X1 RIO BRANCO

Local: Couto Pereira, Curitiba (PR).
Data: 26 de março de 2017.
Horário: 19h30.
Árbitro: Fábio Marcos e Zoccante.
Assistentes: Maurício José Braga e Deniel Carvalho.
Público e renda: 5.910 pagantes | 6.490 total | Renda R$ 131.680,00

Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos, Walisson Maia, Márcio e William Matheus; Edinho (Tiago Real), Alan Santos e Anderson; Iago (Kady), Kleber e Neto Berola (Léo Santos).
Técnico: Pachequinho

Rio Branco: Dalton; Raul, Ramon, Leandro e Maringá; Tiago Pedra (Ruan), Camargo, Oberdan (Thiago Santos) e Rafael Tavares (Juninho); Minho e Eric.
Técnico: Saulo de Freitas.

Gols: Alan Santos (CFC) aos 10’, Léo Santos (CFC) aos 18’ e Juninho (RBC) aos 46’ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Rodrigo Ramos, William Matheus, Alan Santos e Kleber (CFC); Leandro (RBC).