Por Pedro Melo

Curitibano perdeu as cinco partidas na competição. (Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

O Clube Curitibano segue sem vitórias na Superliga B. Depois de três jogos fora de casa, o time voltou a jogar no ginásio do Curitibano, mas perdeu para Osasco por 3 sets a 0, com parciais de 25-23, 25-19 e 25-23, em 1h27min de partida.

Em entrevista ao site oficial da CBV, o técnico do Osasco, Ricardo Amendola, destacou o apoio da torcida para o Curitibano e comemorou a vitória fora de casa. “Fizemos um bom jogo, atuar fora de casa é sempre complicado. Em Curitiba a torcida ajuda bastante, apoia, mas as meninas conseguiram suportar a pressão. O jogo foi difícil, vencemos por detalhes, pela concentração. Os times jogaram bem, mas nosso elenco está de parabéns”, comentou.

A equipe do Curitibano é o lanterna da competição com apenas três pontos em cinco rodadas e encara na última rodada da primeira fase o Barueri, líder do torneio e treinado por José Roberto Guimarães. Caso termine em sétimo lugar, o time da capital paranaense vai encarar nas quartas de final novamente o Osasco, que já está garantido na segunda posição.