Capitão do Atlético no jogo desta quinta-feira, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, o volante Cléber Santana saiu de campo lamentando muito a derrota rubro-negra por 2 a 1 para o Ceará, de virada, com os dois gols do Vozão marcados nos minutos finais da partida. “Não tivemos a felicidade de fazer o segundo gol”, resumiu o jogador.

O Atlético criou pelo menos três oportunidades claras de marcar o segundo gol, quando o jogo ainda estava 1 a 0 para o Furacão, mas Madson, Paulinho e Kléberson acabaram desperdiçando em lances incríveis. “A equipe está de parabéns pela dedicação, mas não podemos cometer os erros no fim do jogo”, completou Cléber Santana.

O estreante Rodriguinho, que entrou no segundo tempo da partida, criticou a expulsão do zagueiro Gustavo, perto do fim do duelo. Com 10 em campo, o Atlético não suportou a pressão cearense e acabou sofrendo a virada. “O juiz nos prejudicou. Nosso jogador se atirou para tirar a bola e ele acabou expulsando”, afirmou o atacante.

Ainda na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Atlético volta à campo neste domingo, quando enfrenta o Santos, a partir das 18h30, na Arena da Baixada. “Agora vamos trabalhar nesses dois dias porque no domingo teremos outro jogo difícil”, finalizou Cléber Santana.