Do Portal Terra

Com um discurso inflamado e nacionalista do presidente José Maria Marin, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reinaugurou nesta quarta-feira a Granja Comary, local que servirá de preparação da Seleção para a Copa do Mundo de 2014.

Marin esteve ao lado do técnico Luiz Felipe Scolari, do coordenador técnico Carlos Alberto Parreira e do ex-jogador Bebeto. Além de um sem fim de cartolas, entre eles seu candidato à sucessão à presidência da CBF, Marco Polo Del Nero, favorito para ganhar o pleito em abril.

Estavam presentes ainda cerca de 60 dirigentes de todo o Brasil, entre presidentes de clubes, federações e membros do alto escalão da CBF. Até o principal opositor de Marin, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, esteve presente na festa de reinauguração que virou também palco político.

Marin discursou por mais de cinco minutos e fez elogios a patrocinadores, federações, clubes, atletas… E cometeu gafes, como chamar o técnico da Seleção Brasileira de Futebol de “Vice” Felipe Scolari.

Felipão recebeu a chave simbólica da nova Granja Comary e brincou: ” agora sou São Pedro”. A referência faz alusão ao santo que na religião católica tem as chaves do céu. Localizada em região serrana, a cidade de Teresópolis sofre com neblinas, ainda mais no período em que a Seleção treinará no local, no final de outono e começo de inverno.

Felipão afirmou que desde que voltou à Seleção a comissão decidiu que Teresópolis seria a casa da Seleção. ” Agora a responsabilidade de ganhar a Copa é nossa”, disse. o Brasil começa a sua preparação no local no dia 26 de maio.