A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou oficialmente o pentacampeão do mundo Luiz Felipe Scolari como novo técnico e Carlos Alberto Parreira como novo coordenador da Seleção Brasileira na manhã desta quinta-feira (29) no Rio de Janeiro.

Divulgação

Para o presidente da confederação, José Maria Marin, o destino da Seleção está nas mãos de profissionais de competência e capacidade reconhecidas através dos muitos títulos conquistados. “Meu único compromisso é escolher o melhor para a Seleção. Por isso, escolhi esses dois grandes campeões, Felipão e Parreira, para conduzir a equipe visando aos dois objetivos, a Copa das Confederações, e ao maior de todos, a Copa do Mundo de 2014”, disse.

Felipão volta à Seleção dez anos depois e garantiu que está com espírito e ânimo renovados. “Não podia deixar de passar a possibilidade de fazer parte da história como o técnico hexacampeão jogando no Brasil. Quero aproveitar para agradecer a confiança depositada e feliz por ter ao lado uma profissional do nível de Parreira. Quando o presidente Marin me disse que o tinha convidado para ser o coordenador, eu agradeci mil vezes”, comentou.

Esquema tático, programação, convocação, tudo isso será discutido em troca e debate de ideias com o coordenador Parreira, que por sua vez deixou claro como será a relação profissional da dupla. “Vamos debater conceitos, trocar ideias, mas a decisão final será sempre do Felipão. Ele é a figura principal da comissão técnica”, disse Parreira.

Carlos Alberto Parreira volta para disputar sua quinta Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. Parreira se vê no recomeço de uma carreira vitoriosa, mas que pode atingir o seu ponto máximo com a conquista da Copa do Mundo de 2014.