O chute forte, as passadas largas e a timidez, característica esta de quem aos 17 anos de idade ainda está se acostumando com as câmeras, foram destacados pelo site da CBF, na entrevista realizada pela CBF TV com o volante da equipe de juniores do Atlético Paranaense, Hernani. O jogador falou do aprendizado em estar pela primeira vez representando o país e do bom convívio com os companheiros de Seleção, que neste sábado entra em campo para decidir aquele que pode ser o décimo título brasileiro do Sul-Americano da categoria, disputado este ano no Equador.

“Graças a Deus, pude me dar muito bem com a galera aqui [na concentração da equipe brasileira, no Equador]. É um grupo bem unido. Graças a Deus todo mundo gosta um do outro aqui, e nesse um mês [de convivência] deu para aprender muita coisa. Agradeço muito por ter tê-los conhecido e pela oportunidade de estar aqui. Espero voltar muitas vezes com esse mesmo pessoal que está aqui”, falou o atleta do Furacão ao site da CBF.

Quanto à expectativa para o jogo deste sábado, no clássico contra a Argentina, partida que pode decidir o campeão do torneio, Hernani resumiu: “Agora que é a hora da verdade”.

Líder do Hexagonal Final, uma vitória diante dos argentinos garante o título ao time brasileiro. Caso o Uruguai não vença o Equador na partida preliminar, o time do técnico Emerson Ávila sai com a taça mesmo com um empate ou até uma derrota por um gol de diferença (confira abaixo a classificação completa e os jogos da última rodada).

Para conferir a o vídeo e a matéria completa de Hernani no site da CBF,CLIQUE AQUIou então acesse: http://www.cbf.com.br/noticias/selecoes-de-base . Além do jogador, o preparador de goleiros da equipe juvenil, Thiago Mehl, e o médico Diego Maziel são os atleticanos que estão com o Brasil no Sul-Americano.