Estadão-6-6-3-1-1

O fracasso na Copa América Centenário custou ao Brasil a perda de mais duas posições no ranking da Fifa. Na atualização mensal da lista, publicada nesta quinta-feira, a seleção aparece na nona colocação, com 1.156 pontos, em uma relação que continua sendo liderada pela Argentina, enquanto Portugal subiu para a sexta posição com o título da Eurocopa.

Em um grupo com Equador, Haiti e Peru, o Brasil, então sob o comando de Dunga, demitido após o fiasco nos Estados Unidos, somou apenas quatro pontos em três jogos e acabou sendo eliminado na fase de grupos. Assim, como efeito da campanha ruim, perdeu mais dois postos na lista que também serve como parâmetro para a definição dos cabeças de chave da Copa do Mundo

A atualização de julho do ranking conta com o impacto da disputa de três torneios continentais – além da Copa América, a Copa da Oceania e a Eurocopa. Apesar disso, não ocorreram alterações na relação das cinco primeiras colocadas, com a ponta permanecendo com a Argentina, vice-campeã da edição centenária da Copa América, com 1.585 pontos.

Portugal pulou para o sexto lugar. (Divulgação/ Seleções de Portugal)

Portugal pulou para o sexto lugar. (Facebook/ Seleções de Portugal)

Eliminada nas quartas de final da Eurocopa, a Bélgica continua na segunda colocação, com 1.401 pontos, à frente da Colômbia, com 1.331, após ficar na terceira posição na Copa América. A Alemanha, semifinalista da Eurocopa, é a quarta colocada, com 1 319 pontos, apenas três a mais do que o Chile, campeão da Copa América Centenário.

Outra seleção campeã continental ao faturar a Eurocopa, Portugal ascendeu para a sexta posição, com 1.266 pontos. Derrotada na decisão do torneio que foi país-sede, a França ganhou dez posições na lista e voltou ao Top do ranking da Fifa, atingindo o sétimo lugar.

A Espanha, que não ficou nem perto de defender o seu bicampeonato da Eurocopa, pois foi eliminada nas oitavas de final, perdeu duas posições no ranking e agora ocupa o oitavo lugar, logo à frente do Brasil. Já a Itália, que caiu nas quartas de final, fecha a relação das dez primeiras colocadas.

Surpresa da Eurocopa ao atingir as semifinais, a seleção de País de Gales subiu 15 posições e agora ocupa o 11º lugar, à frente do Uruguai, que deixou o Top 10 após ser eliminado na fase de grupos da Copa América Centenário, e da Inglaterra, que caiu nas oitavas de final da Eurocopa.

O México continua sendo a melhor seleção da Concacaf, na 14ª posição, seguido por Croácia e Polônia, ambos batidos pelos portugueses na Eurocopa, nas oitavas e quartas de final, respectivamente. Já a Islândia saltou para a 22ª posição após ficar entre as oito melhores equipes da Eurocopa.

A Argélia é a melhor seleção africana classificada, em 32º lugar, sete posições à frente da principal equipe da Ásia, o Irã Já a Nova Zelândia subiu 54 postos e atingiu a condição de número 93 do mundo após ser campeã da Oceania.

A próxima atualização da lista será apresentada em 11 de agosto.

Confira a classificação atualizada do ranking da Fifa:

1º – Argentina, 1.585 pontos
2º – Bélgica, 1.401
3º – Colômbia, 1.331
4º – Alemanha, 1.319
5º – Chile, 1.316
6º – Portugal, 1.266
7º – França, 1.189
8º – Espanha, 1.165
9º – Brasil, 1.156
10º – Itália, 1.155
11º – País de Gales, 1.137
12º – Uruguai, 1.130
13º – Inglaterra, 1.107
14º – México, 1.044
15º – Croácia, 1.022
16º – Polônia, 1.011
17º – Equador, 1.002
18º – Suíça, 957
19º – Turquia, 915
19º – Hungria, 915