As 12 cidades que irão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014 no Brasil e seus respectivos comitês terão um seminário em Brasília na próxima terça-feira (22) com o Governo Federal e a FIFA, através LOC (Comitê Organizador Local), presidia por Ricardo Teixeira. As cidades terão que fornecer um panorama do andamento das obras urbanas e nos estádios que são a grande dor de cabeça da FIFA neste momento, principalmente o Maracanã no Rio de Janeiro, o estádio do Corinthians em São Paulo e o Mané Garrincha em Brasília.

Esses estádios e essas cidades por consequência estão praticamente fora da Copa das Confederações, competição teste para a FIFA, visando os equipamentos do Mundial de 2014.

A Arena da baixada em Curitiba e o Beira Rio em Porto Alegre não preocupam. Na Arena, as obras serão poucas em relação com outros estádios e deverão começar em breve.

Os valores iniciais das obras já foram reajustados para cima e essa é a grande preocupação. Só as obras no Maracanã, por exemplo, tiveram um aumento de R$ 700 milhões para cerca de R$ 1 bilhão, devido problemas estruturais no teto. Em Natal no Rio Grande do Norte, as obras do estádio Arena das Dunas sequer saíram do papel por causa de problemas de licitação.

Mas, não se trata totalmente de um filme dos horrores. As obras em Salvador, Minas Gerais, Recife, Cuiabá e Manaus andam bem e agradam a FIFA.O Mineirão será um dos estádios da Copa das Confederações em 2013, e ainda pleiteia a abertura do Mundial em 2014. A Fonte Nova em Salvador já está bastante adianta e em Recife o estádio ganhará um bairro novo.

O presidente do LOC, Ricardo Teixeira, quer evitar o que aconteceu na África do Sul, onde as obras estiveram muito atrasadas para o Mundial em 2010. Aqui o aperto no cronograma é para ter os estádios prontos em dezembro de 2012, seis meses antes da competição teste, um ano antes da Copa de 2014.

Visitas da FIFA

As doze cidades estão recebendo nesse mês as visitas dos técnicos da FIFA especializados em centros de treinamentos que serão utilizados pelas 32 seleções durante o Mundial. Serão escolhidos três por cidade sede. Para o período de treinamentos antes da Copa do Mundo, serão escolhidas noventa cidades em todo Brasil. Já estão cadastradas cento e vinte.

Em junho a FIFA vai anunciar a cidade que receberá o IBC (International Broadcast Centre), o centro de midia da Copa. Rio de Janeiro, Brasilia e São Paulo são as concorrentes.