O Atlético já está no Acre para fazer a sua estreia na Copa do Brasil, diante do Rio Branco, nesta quarta-feira (23), às 21h30, na Arena da Floresta. Essa é 14ª vez que o Furacão participa do torneio, conhecido por ser um caminho mais curto para a Libertadores da América. No retrospecto, a melhor campanha aconteceu quando o time chegou às quartas-de-final da competição, em 92, 97, 99, 2000 e 2007. No ano passado, o Rubro-negro foi eliminado pelo Palmeiras, no empate em 1 a 1 com o time paulista, na Arena.

Desfalques

Para a partida, o treinador interino Leandro Niehues não conta com Paulo Baier, lesionado no clássico diante do Coritiba. O favorito para substituir o volante é Branquinho, que viajou com a delegação e pode iniciar entre os titulares. Na lateral-direita, Wagner Diniz, que ficou no departamento médico do clube por 2 semanas, já está recuperado e agora disputa a vaga com Marcos Pimentel.

A situação de Claiton é diferente. Antes do Atletiba, o jogador era titular da equipe e disputou três partidas seguidas. No jogo contra o Rio Branco-AC, assim como diante do Coritiba, o volante não foi relacionado e nem chegou a viajar com a delegação atleticana. No ataque, Niehues deve manter a dupla Lucas e Nieto.