Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

O Clube Atlético Paranaense vai se reunir com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) nesta sexta-feira (7) para negociar mais um financiamento para concluir as obras da Arena da Baixada. O valor necessário, segundo o secretário municipal da Copa, Reginaldo Cordeiro, é de R$ 65 milhões, principalmente para a contratação de mais trabalhadores.

arena-060214-bandab

(Foto: Divulgação)

A quantia do quarto e último financiamento será somado aos R$ 330 milhões utilizados para realizar as obras. Essa informação foi confirmada à Banda B na tarde desta quinta (6), depois que o consultor de estádio da Fifa, Charles Bota, visitou o local para inspecionar o complexo esportivo e dar um novo parecer. Devido ao atraso, a entidade organizadora do evento deu um ultimato para que a Arena fosse finalizada até o dia 18 de fevereiro – caso contrário, Curitiba deixaria de sediar a Copa.

“Hoje o consultor constatou a evolução no canteiro de obras desde a última visita, mas, mesmo assim, nós precisamos dar mais uma acelerada para que haja maior tranquilidade na conclusão do estádio”, explicou o secretário à Banda B. De acordo com ele, o gramado e o sistema de irrigação estão concluídos, enquanto a estrutura metálica superior deve ficar pronta na semana que vem. “Mais de 15 mil assentos estão sendo colocados e a parte dos vestuários, lanchonetes e sanitários reformados”, completou Cordeiro. No próximo dia 18, a Fifa deve dar a resposta final para Curitiba.