O sonho dos torcedores atleticanos em ter novamente o atacante Diego Tardelli, do Al-Gharafa, na Cidade do Galo é cada vez mais real. O ídolo alvinegro já acertou as bases salariais com a cúpula do Atlético-MG, que negocia a liberação do jogador. Embora o atleta viva um bom momento no Catar, a diretoria do clube asiático admite negociá-lo, o que anima o presidente Alexandre Kalil.

Nos bastidores do clube mineiro, há quem considere a contratação como certa. O mandatário, no entanto, é um pouco mais cauteloso e sabe que será complicado buscar o camisa 9 para a próxima temporada. Por isso, a cada entrevista, ele ressalta a ‘difícil negociação’. Neste momento, resta apenas decidir como o atleta virá para a capital mineira: em definitivo ou por empréstimo. A segunda opção, porém, não agrada os dirigentes do Al-Gharafa.

O valor pedido – cerca de R$ 13,4 milhões – pela agremiação do Catar é o que pode complicar a tratativa. O Atlético, contudo, busca uma maneira de viabilizar a transação, já que o atleta é tratado como prioridade na Cidade do Galo.

A contratação de Diego Tardelli faz parte de um planejamento do clube para a disputa da Copa Libertadores. Alexandre Kalil espera um time competitivo em 2013 e sabe que será necessário contar com jogadores experientes para rechear a sede de Lourdes com novos troféus.

O que mais anima os torcedores atleticanos são os números do atacante em sua passagem pelo clube. Entre 2009 e 2011, quando defendeu as cores do Galo, o jogador disputou 114 partidas e marcou 73 gols. Ele ainda foi protagonista na boa campanha do time no Brasileiro de 2009.

Por meio de sua conta no Twitter, Diego Tardelli sempre demonstra a sua vontade em retornar ao Atlético-MG. Desde que saiu de Belo Horizonte para defender o Anzhi Makhachkala (RUS), no início do ano passado, o jogador diz que pretende voltar ao clube.