Pior visitante do Campeonato Brasileiro 2011, o Atlético perdeu todos os seis jogos que realizou longe da Arena da Baixada. Mas para manter a esperança em uma vitória diante do Ceará, na noite desta quinta-feira, a partir das 21h, no estádio Presidente Vargas, o Furacão quer se agarrar no bom retrospecto que tem em partidas contra o Vozão.

Em sete jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético venceu quatro, perdeu apenas dois e empatou outro. O Furacão marcou oito gols e sofreu seis. A última vez que as duas equipes se encontraram foi justamente quando aconteceu o único empate da história desse duelo. No dia 28 de novembro de 2010, pela 37ª rodada do Brasileirão, Atlético e Ceará ficaram no 1 a 1, no Castelão. Esta partida acabou com qualquer esperança do rubro-negro de conquistar uma vaga na Libertadores da América.

Escalações

Do lado rubro-negro, o técnico Renato Gaúcho deve repetir a mesma formação utilizada na vitória por 2 a 1 em cima do Botafogo, no último sábado: Renan Rocha; Edílson, Gustavo, Fabrício e Paulinho; Deivid, Cléber Santana, Kléberson e Marcinho; Madson e Santiago García. A novidade fica no banco de reservas, já que o atacante Rodriguinho poderá estrear hoje com a camisa atleticana.

Já o Ceará também vai à campo pouco modificado com relação à última rodada do Brasileirão. O único desfalque do Vozão é o meia Thiago Humberto, vetado pelo departamento médico. Sendo assim, o técnico Vagner Mancini deve escalar Felipe Azevedo na meia-cancha cearense. A escalação deve ser a seguinte:Diego; Boiadeiro, Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Michel, João Marcos, Heleno e Felipe Azevedo; Washington e Osvaldo.

Jogos entre Atlético e Ceará:

1973 – Ceará 0 x 1 Atlético PR
1975 – Atlético PR 3 x 0 Ceará
1982 – Ceará 1 x 0 Atlético PR
1982 – Atlético PR 0 x 3 Ceará
1987- Ceará 0 x 1 Atlético PR
2010- Atlético PR 2 x 1 Ceará
2010 – Ceará 1 x 1 Atlético PR