Ainda lutando contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Atlético vai estrear na Copa Sul-Americana com um time quase 100% formado por jogadores reservas. A primeira partida do Furacão neste torneio é amanhã, contra o Flamengo, a partir das 21h50, no Engenhão. A delegação rubro-negra já está no Rio de Janeiro, onde o técnico Renato Gaúcho comanda um treinamento leve nesta terça-feira à tarde.

O único titular que deve enfrentar o Flamengo é o volante Cléber Santana, que está suspenso no Campeonato Brasileiro e não poderá enfrentar o São Paulo no próximo sábado. Para manter o ritmo de jogo, o próprio atleta teria pedido para estar em campo diante do rubro-negro carioca. O atacante Santiago García é outro titular que tem chances de ser escalado nesta quarta-feira.

O meia Branquinho, com dores musculares, foi vetado pelo departamento médico do Atlético e nem viajou para o Rio de Janeiro. O meia Paulo Baier, que estava aprimorando a parte física, sentiu novamente dores na coxa e voltou para o DM. O volante Kléberson, que pertence ao Flamengo e está emprestado ao Furacão, não foi inscrito na Sul-Americana, e também ficou em Curitiba.

A grande novidade da equipe atleticana para o jogo de amanhã deve ser a presença do goleiro Santos, revelado nas categorias de base do Furacão, e que caso seja confirmado como titular, fará sua estreia no profissional. “É uma oportunidade muito boa e eu tenho que aproveitar. Eu tenho trabalhado forte e agora posso mostrar quem é o Santos. Não é um jogo fácil, mas vai ser um bom início para a minha carreira”, disse o jovem arqueiro, de apenas 21 anos.

Se depender do preparador de goleiros do Atlético, Marco Tedeschi, Santos está preparado para assumir a camisa 1 rubro-negra na Copa Sul-Americana. “Faz muito tempo que ele não joga uma partida oficial, mas ele tá preparado. É uma grande oportunidade que ele vai ter e esperamos que ele faça uma grande partida contra o Santos. Ele é um atleta extremamente veloz e muito técnico”, afirmou Tedeschi.

Renato Gaúcho só vai confirmar a escalação do Atlético momentos antes do início do jogo, mas a tendência é que o time vá à campo com Santos; Wagner Diniz, Gustavo, Rafael Santos e Marcelo Oliveira; Fransérgio, Wendel, Robston e Cléber Santana; Guerrón e Rodriguinho (Santiago García).

O lateral direito Edílson, o volante Deivid, o lateral esquerdo Paulinho e o zagueiro Manoel não foram inscritos na Sul-Americana, mas viajaram com a delegação, porque o Atlético vai direto do Rio de Janeiro para São Paulo, onde enfrenta o tricolor paulista no próximo sábado, às 18h30, no Morumbi.

Confira os 25 inscritos pelo Atlético na Copa Sul-Americana:

Goleiros: Renan Rocha, Santos e Márcio
Laterais: Wagner Diniz, Héracles e Marcelo Oliveira
Zagueiros: Gustavo, Fabrício, Rafael Santos, Bruno Costa e Bruno Pires
Volantes: Robston, Cléber Santana, Wendel, Fransérgio e Renan
Meias: Marcinho, Paulo Baier, Madson e Branquinho
Atacantes: Rodriguinho, Guerrón, Edigar Junio, Adaílton e Santiago García