No dia 26/03/1924 era fundado o Clube Atlético Paranaense, fruto da união entre Internacional e América. Neste sábado é comemorado 87 anos de um dos principais clubes do estado do Paraná. Dia de muita alegria pra aqueles que cantam que “a camisa rubro-negra só se veste por amor”. Momento de relembrar as grandes conquistas dentro de campo e de celebrar os que jogaram e fizeram história.

De nada importa para a torcida atleticana que o time não tem feito uma boa campanha no Campeonato Paranaense deste ano. Também foi assim na década de 70, quando o maior rival, Coritiba, arrebentava, enquanto o Furacão sofria e vivia um jejum de anos sem nenhum título.

O momento é de relembrar conquistas como a do Campeonato Brasileiro de 2001, maior título da história do Rubro-Negro. Ou ainda ressaltar tempos distantes, mas que não saem da cabeça do torcedor, mesmo daqueles que nem presenciaram a história do clube sendo construída, como o time de 49, que ganhou o apelido de Furacão, usado até hoje.

Como não agradecer Caju, Ziquita, Sicupira, Djalma Santos, Washington e Assis, Oséas e Paulo Rink, Ricardo Pinto, Alex Mineiro, entre tantos outros ídolos que não é possível nem citar, com risco de ser injusto e deixar alguém de fora. Como não lembrar de figuras marcantes, como o presidente Jofre Cabral e Silva? “Não deixem nunca morrer meu Atlético”, dizia ele.

Saudosismos à parte, o Atlético atualmente ocupa lugar de destaque tanto no futebol estaudal, quanto nacional. Tem uma estrutura muito boa, um centro de treinamento digno de primeiro mundo, e o estádio mais moderno do país. De 1995 para cá, o clube cresceu bastante, conquistando títulos de muita expressão.

Não que não tivessem momentos ruins na história do clube. E como tiveram! Momentos em que nada dava certo e os rivais triunfavam. Mas em pleno aniversário, o que a torcida não quer é relembrar das situações ruins. Hoje não é necessário que elas venham à tona. Hoje o que importa é comemorar e expressar mais do que nunca o amor pelas cores vermelho e preto.

Aniversário

A Rádio Banda B torce pelo futebol paranaense como um todo, mas no dia de hoje não podia deixar de dar os parabéns ao Clube Atlético Paranaense e toda sua torcida pelos 87 anos de história.