Divulgação/Vasco
Técnico se emocionou ao saber que o time assumiu a liderança Brasileiro ao golear o Grêmio

Após 21 dias internado, o técnico Ricardo Gomes recebeu alta do Hospital Pasteur neste domingo (18) e vai seguir em casa tratamento do acidente vascular cerebral (AVC) que sofreu durante o clássico Flamengo x Vasco. Segundo o neurocirurgião que operou e acompanhou Ricardo, José Antônio Guasti, a recuperação supera as expectativas.

O medico afirma que o técnico está lúcido e apresenta grande melhora nos movimentos do lado direito do corpo – em uma escla que vai até cinco, Ricardo Gomes está no grau três. As sessões de fisioterapia e fonoaudiologia vão ser feitas, agora, na casa do treinador que vai contar com estrutura médica. Ainda segundo o médico, a possibilidade de Ricardo Gomes voltar às suas funções como treinador é vista como real.

“Não existe prazo ou previsão que possamos medir neste momento. Cada caso tem o seu tempo. Ele pode levar um mês ou dois meses. Mas seu retorno ao trabalho só depende da vontade e do nível de recuperação dele”, afirmou o clínico Fábio Guimarães. “Por enquanto não houve manifestação nem dele e nem da familia quanto a isso, até porque ele ainda ainda não tem condições. Neste primeiro momento, temos de comemorar essa bela vitória que foi a sua alta e ter na cabeça que ainda existem longos dias de trabalho pela total recuperação pela frente”, completou.

O médico informou que Ricardo Gomes se emocionou com a sonora goleada vascaína sobre o Vasco na última rodada. “Ele não assistiu ao jogo inteiro, mas abriu um largo sorriso assim que ficou sabendo da liderança. Tudo isso é uma vitória para nós, que vivenciamos este caso nas últimas semanas”, finalizou o médico.