O ataque do Coritiba, em números, é o mais efetivo do Brasil. São 60 gols nessa temporada e um elenco polivalente, no qual pouco importa a posição em que se joga, quase todos já deixaram a sua marca nas redes. Para o atacante Anderson Aquino, a fase não poderia ser melhor. O jogador acertou o pé na goleada sobre o Rio Branco e marcou dois dos seis gols alviverdes.

Com isso, Anderson Aquino registra seis tentos nos últimos três jogos em que esteve em campo. “Eu me julgo importante para o grupo, como todo jogador é. Estou trabalhando para conquistar meu espaço, quero ser titular”, avisa o atacante, que diz aguardar a escolha do técnico Marcelo Oliveira.

O técnico não teve, até agora, grandes dificuldades para montar o time, mesmo com desfalques importantes. Marcos Aurélio é um deles, o jogador está vetado e fica duas semanas em recuperação. Anderson Aquino entrou e resolveu, sem sentir o peso da responsabilidade em substrituir um dos principais destaques do Coxa. “O Marcos é um grande jogador, ídolo da torcida”, disse Aquino.

“Você sempre tem que esperar o melhor, é o que eu procuro fazer. Eu terminei o ano com uma lesaõ um pouco grave. Abdiquei das férias pra poder me tratar e começar a pré-temproada num nível bom”, contou o atacante, ressaltando a qualidade do elenco e as lições que aprende todos os dias com os companheiros. “Quero tentar corresponder ao máximo o que foi confiado a mim”, finalizou o atacante.