Redação com Portal Terra

Com as mudanças no regulamento, a organização da Stock Car buscava mais emoção para a temporada 2014. Deu certo. Na primeira prova do ano, disputada em duplas no Autódromo de Interlagos, não faltaram trocas de posição, rodadas e velocidade. Para coroar, o estreante Felipe Fraga, de 18 anos, se tornou o piloto mais jovem a vencer uma corrida de Stock ao entregar o carro na terceira colocação para o companheiro Rodrigo Sperafico acelerar e assumir a ponta até a bandeirada final.

Um ponto curioso do jovem vencedor é que, mesmo pisando fundo nas pistas, Felipe Fraga não pode ir nem mesmo ao mercado de carro longe delas. É isso mesmo, o vencedor de uma etapa da Stock Car ainda não tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para trafegar pelas ruas.

“Isso é um sonho, nem imaginei estar aqui. Quero agradecer todos que estão torcendo e o Rodrigo que correu muito bem depois do pit. Vai demorar pra cair a ficha, mas agradeço muito ao Mauro Vogel (chefe de equipe), esse carro parecia estar correndo em pista seca, mas na chuva”, disse Felipe Fraga, em entrevista após a prova.

A atuação da revelação foi elogiada pelo parceiro de cockpit. “A troca foi fundamental. Quero agradecer ao Felipe porque desde que ele me convidou eu sabia que teríamos uma grande chance. Eu fiquei sem rádio na corrida e não sabia o andamento de nada, só continuei acelerando o máximo que pude”, destacou Sperafico.

A dupla Valdeno Brito/Jeroen Bleekemolen ficou em segundo lugar, seguido por Marcos Gomes/Mauro Giallombardo. O líder da primeira parte da prova foi Cacá Bueno, que viu seu companheiro Pato Silva devolver o carro em sétimo.

Confira os tempos dos 10 primeiros colocados na etapa de Interlagos:

1º – Felipe Fraga/Rodrigo Sperafico – 52m56s982
2º – Valdeno Brito/Jeroen Bleekemolen – 53m02s885
3º – Marcos Gomes/Mauro Giallombardo – 53m07s786
4º – Sergio Jimenez/Mark Winterbottom – 53m08s041
5º – Daniel Serra/Alessandro Pier Guidi – 53m14s931
6º – Átila Abreu/Nelsinho Piquet – 53m15s692
7º – Cacá Bueno/Pato Silva – 53m15s917
8º – Tuka Rocha/Craig Dolby – 53m19s071
9º – Rubens Barrichello/Augusto Farfus – 53m22s256
10º – Popó Bueno/Gabriel Ponce de Leon – 53m24s914