Por João Pedro Alves

O técnico Miguel Ángel Portugal terá que lidar com uma série de desfalques para a partida das 17h30 desta quinta-feira (20) contra o Universitario pela Copa Libertadores da América. Quatro, mais precisamente. As lesões apareceram – ou se mantiveram – no CT do Caju durante a preparação para este duelo e fizeram com que os atacantes Adriano, Marcelo e Mosquito, além do meia Zezinho, não possam atuar na Vila Capanema.

(Foto: Divulgação/Atlético)

Adriano, mais uma vez, nem no banco fica por conta de lesão (Foto: Divulgação/Atlético)

Destes, três já vinham sendo baixas nas últimas rodadas da Libertadores e novamente enfraquecem o grupo rubro-negro. O Imperador, por exemplo, não viajou para o Peru no jogo de ida contra a “La U” devido a uma lombalgia e agora fica mais uma vez de fora por conta de um edema no músculo posterior da coxa direita.

Ainda há mais tempo no departamento médico está Marcelo, que não joga desde o início de fevereiro quando se contundiu pela pré-Libertadores. O tornozelo e a coxa já estão bem, mas o atacante ainda não pode entrar em campo por estar realizando trabalhos de fortalecimento muscular.

É uma situação parecida com a de Zezinho, que está sendo submetido ao mesmo tipo de atividade após se recuperar de uma lesão no músculo vasto medial e no reto femural. Vale lembrar que o meia ainda não atuou na fase de grupos por estar cumprindo três jogos de suspensão pela expulsão contra o Sporting Cristal.

O desfalque mais recente é o de Mosquito, que sentiu uma lesão grau 1 na coxa direita e ficará duas semanas fora de combate.

Com essas baixas, o Atlético deve ir para cima do Universitario para buscar mais três pontos na tabela do Grupo 1 da LIbertadores com Weverton; Sueliton, Manoel, Cleberson e Natanael; Deivid (João Paulo), Paulinho Dias e Fran Mérida (Matías Mirabaje); Douglas Coutinho, Bruno Mendes e Ederson.