Após o treinamento realizado na manhã desta quinta-feira, em Campana, na Argentina, o lateral esquerdo Adriano e o atacante Robinho concederam entrevista coletiva e falaram sobre os preparativos da Seleção Brasileira para a disputa da Copa América da Argentina, entre os dias 01 e 24 de julho.

Companheiro de Messi no Barcelona, Adriano foi questionado sobre possíveis estratégias para barrar o argentino, em caso de um duelo Brasil x Argentina durante a competição. Com bom humor, o lateral esquerdo elogiou a grande fase que Lionel Messi vem vivendo em sua carreira e brincou que somente atirando no argentino para poder pará-lo em campo.

“Parar o Messi? Tem que dar um tiro, eu acho. Parar o Messi só assim mesmo. Ele está num bom momento, é um jogador de muita qualidade. Ele está com a confiança que é difícil ver em um jogador. E sai tudo bem para ele. Mas sem dúvida que vou passar algumas coisas para tentar pará-lo.No último amistoso da Argentina já se viu como ele está. No Barcelona nós temos jogadores que o ajudam como o Xavi e o Iniesta. Por outro lado, a Argentina ainda não tinha tais peças para fazer a mesma coisa”, afirmou Adriano.

Novo Pelé?

Robinho é amigo de Neymar e já jogou com o craque santista quando esteve emprestado ao Peixe no ano passado. Mas apesar de todo o talento de Neymar, Robinho quis tirar a pressão de cima do companheiro de seleção (que é a grande aposta para uma grande campanha na Copa América) e afirmou categoricamente que Neymar não é um “Novo Pelé”, pois vai ser muito difícil que algum jogador supere o Rei do Futebol.

“O Pelé é o Rei do Futebol. Todo escurinho que aparece no Santos as pessoas já chamam de Pelé. Mas a gente precisa saber diferenciar isso porque o Pelé foi um mito. Igual ao Pelé não teve nem vai ter. Não vai nascer outro Pelé. Cada jogador precisa fazer a sua história. O Neymar está conseguindo fazer a dele muito bem. Neste curto espaço como profissional ele já conquistou títulos importantes pelo Santos. E nós, dentro de campo, temos de deixar as comparações de lado e procurar só jogar futebol”, disse Robinho.

A Seleção Brasileira vai estrear na Copa América no dia 3 de julho, contra a Venezuela, em La Plata. Depois, a equipe de Mano Menezes enfrenta o Paraguai, no dia 9, e o Equador, quatro dias depois. Ambos os jogos vão acontecer na cidade de Córdoba.