Logo em sua primeira partida no comando do Atlético, no último domingo, pode-se perceber que o técnico Adilson Batista vai dar mais oportunidades a alguns pratas da casa do Furacão. O volante Deivid, por exemplo, atuou em alguns jogos no início do ano, mas foi perdendo espaço e mal vinha sendo relacionado para o banco de reservas. Com Adilson, foi titular contra o Cianorte.

O zagueiro Bruno Costa é outro que não vinha sendo utilizados pelos últimos treinadores que passaram pelo clube. No domingo, entrou no decorrer do segundo tempo, depois de várias rodadas sem sequer aparecer no banco de reservas. Mesmo caso do volante Fransérgio, que iniciou 2011 figurando em alguns jogos do Atlético, mas depois perdeu espaço e só voltou a campo sob comando de Adilson Batista.

O último treinador que deu bastante oportunidade aos pratas da casa do Atlético foi Paulo César Carpegiani no ano passado. Depois dele, Sérgio Soares e Geninho preferiram atletas mais experientes em campo. Agora, Adilson Batista dá sinais de que utilizará sim os jogadores formados nas categorias de base do Furacão.