unnamed

Desde pequeno, assistindo DVD’s do Pride, eu sonhava em poder assistir um evento deste porte ao vivo e ontem eu consegui realizar. Vi um UFC cheio de estrelas, uma estreia impressionante da Cyborg, um Jacaré faminto e um título perdido, mas o que ficou foi a experiência sensacional de não só estar alí sentindo o clima mas poder ver de perto.

IMG_9351Fiz questão de gastar um bom dinheiro para assistir de perto do octógono pra curtir de verdade, pra arregalar os olhos e observar os movimentos brilhantes de artistas da luta, como Demian Maia, uma das maiores lendas do jiu jitsu brasileiro. Treinei por bastante tempo a “arte suave” e sei a importância desse cara para o esporte e vê-lo dominar todos os rounds e finalizar um Matt Brown xingado pela torcida.
Ver de perto o Shogun vencer uma luta, um cara que torci muito no Grand Prix de 2005. Ver Cyborg finalmente estrear no maior evento do mundo, ou até o parnanguara John Lineker vencer com facilidade os três rounds contra Rob Font.

Só tenho a agradecer por ter conseguido ir assistir um Jacaré esmagar uma lenda chamada Vitor Belfort, no primeiro round. Também percebi o erro na estratégia do Werdum ao tentar ir pra cima dum Miocic bem preparado e que acertou um cruzado de direita pra apagar o campeão brasileiro e tomar o cinturão.

Valeu a pena demais. A organização é ótima, o clima é sensacional, e espero estar presente nos próximos também.