1780457_636895453042026_1057394385_o

Nesta quarta-feira (09), aconteceram dois jogos das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa e apesar de uma das partidas terem selado a classificação do atual campeão Bayern de Munique para a semi-final, o destaque vai para o duelo entre espanhóis. A vitória por 1 a 0 do Atlético de Madrid sobre o Barcelona projeta cada vez mais um nome no cenário dos melhores treinadores do mundo: o argentino Diego Simeone.

Meio-campista quando jogava, Simeone era muito inteligente na meia cancha e teve passagens vitoriosas pelo próprio Atlético de Madrid, além de ter conquistado todos os títulos possíveis na Itália com a camisa da Lazio.

Simeone: ameaça para os melhores técnicos do mundo

Simeone: ameaça para os melhores técnicos do mundo

Como técnico, está cada vez mais revolucionário. Já trabalhou por alguns times na Argentina até chegar no time espanhol em 2012. Em sua primeira temporada, foi campeão da Liga Europa, fazendo o colombiano Falcão Garcia render ainda mais do que já rendia no Porto (se tornou o maior artilheiro da história de uma competição europeia) e fazendo também o brasileiro Diego jogar direito, como não se via há muito tempo. Ganhou também a Supercopa da Europa em 2012 e a Copa do Rei da temporada 12-13.

Todos sabem que é difícil dar um nó tático na equipe do Barcelona, ainda mais com tantos craques em campo que nem precisam ser nomeados aqui, mas Simeone preza sempre pela defesa antes e é por isso que consegue se dar bem e até liderar o Campeonato Espanhol, com boas chances de ser campeão nesta temporada. O lateral-direito Juanfran, o esquerdo Fillipe Luís e os zagueiros Miranda e Godín realizam um trabalho de marcação intensa, sempre “mordendo” os atacantes até mesmo antes de tocarem na bola. O primeiro volante é Gabi, que é técnico mas aprendeu a marcar muito atuando na equipe de Diego Simeone.

A surpresa, no jogo, foi o posicionamento de Koke, que é um meia-esquerda e atuou como segundo volante, marcando e saindo para o ataque, inclusive marcando o único gol do jogo. Tiago também marcou muito, além do Raúl Garcia, que é praticamente um atacante e voltava tanto que deve ter cansado muito.

Arda Turan e Diego Costa, pilares do time do Atlético de Madrid, não jogaram por lesão. Será que essa equipe que fazia 40 anos que não chegava na semi-final da Liga dos Campeões não pode conquistar ainda mais?

Os outros jogos:

Hoje: Bayern de Munique 3 x 1 Manchester United (atual campeão garantiu classificação pois havia empatado em 1 a 1 no primeiro jogo)
Ontem: Borussia 2 x 0 Real Madrid (como o Real tinha vencido por 3 a 0, se classificou)
Ontem: Chelsea 2 x 0 PSG (os Blues perdaram por 3 a 1 no primeiro confronto e com o resultado no Stamford Bridge está na semi-final