UOL

Audiência e faturamento baixos, falta de patrocinadores, erros graves cometidos ao vivo e críticas severas dentro e fora da Band pelo fracasso de seu formato. Esses são apenas alguns dos fatores que envolveram o recém-criado “Tá na Tela”, da Band, numa enorme crise com pouco mais de um mês de existência. Praticamente toda a cúpula da produção original da atração comandada por Luiz Bacci já pediu demissão ou foi demitida.

Leia mais aqui