MSN

O mercado publicitário investiu pesado nos intervalos comerciais na Copa do Mundo e, por isso, está diminuindo o ritmo na TV brasileira. A ordem para muitas agências, por enquanto, é esperar o final das eleições deste ano para, então, voltar a investir em horários nas emissoras. Segundo o jornal ‘Folha de S.Paulo’, a decisão tem se refletido em atrações como ‘A Fazenda’, que está prestes a estrear – no dia 14 de setembro -, mas ainda não tem o número de patrocinadores esperado.

Leia mais aqui