RD1

O novo “Vídeo Show” segue com problemas para fidelizar o seu público. Nem mesmo a presença do estridente Zeca Camargo vem conseguindo angariar uns pontinhos a mais. Na última sexta-feira, 24, a atração cravou um dos seus piores índices desde a reformulação. Foram apenas 9 pontos, marca distante do desejado pela Globo. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande São Paulo. O esquelético desempenho de Zeca tem colocado a equipe do programa numa situação complicada. A Globo já estuda novas alterações e ajustes no formato. A crítica vem sendo uniforme: falta ao “Vídeo Show” ser um programa só, fundindo o “Zeca Show” (é como o programa vem sendo chamado nos bastidores) com as reportagens e demais quadros.

Clique aqui e leia a matéria na íntegra