RD1

O autor Aguinaldo Silva comemorou neste fim de semana em sua página no Facebook a vitória, em primeira instância, do processo que moveu contra o “Pânico na Band” por danos morais. A decisão foi da juíza Marianna Mazza Vaccari Machado Manfrenatti, da 28° Vara Cível do Rio de Janeiro. Na sentença, é especificado que o programa terá que pagar uma indenização de R$ 30 mil ao novelista. A Band pode recorrer à decisão. Em 2012, o “Pânico na Band” colocou no ar uma imitação de Aguinaldo Silva feita por Wellingon Muniz, o Ceará. O quadro era chamado de “Aguinaldo Senta”. O autor se sentiu ofendido e entrou na Justiça. Os vídeos da sátira foram retirados da internet e a atração está proibida de citar o nome do novelista.

Leia a matéria completa aqui