Reprodução

Whitney Houston gastou US$ 6 mil em cocaína para ser usada por uma semana durante sua turnê europeia, em junho. A cantora teria adquirido a droga de um traficante que a distribuiu entre os membros de sua comitiva, de acordo com o jornal “National Enquirer”.

Apesar de a cantora ter alegado estar livre das drogas em entrevista a Oprah Winfrey, ela estaria indo fundo em seu vício. “Whitney é uma mulher morta viva! Com a quantidade de drogas que ela compra, não será capaz de viver por muito tempo. Ela estará morta em meses”, disse Marlon David, amigo artista.

A publicação afirma que o ganho de peso de Whitney seria efeito colateral dos medicamentos prescritos para sua doença respiratória, que lhe causam retenção de líquido e excesso de apetite. “Não confunda o fato de Whitney ganhar peso com a impressão de que esteja livre das drogas”, acrescentou uma fonte.