Reprodução

A revista QUEM, que chega às bancas nesta quarta-feira (7), traz na capa uma reportagem sobre a nova vida de solteira de Sthefany Brito. Separada há três meses de Alexandre Pato, a atriz voltou ao Brasil para resolver pendências de seu processo de separação litigiosa e tentar conseguir um visto italiano permanente, já que o provisório está vencido. Quando desembarcou no Aeoroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, Sthefany foi abordada por um oficial de justiça. Ali mesmo, ela recebeu a notificação sobre uma ação de oferecimento de alimentos por parte do ex-marido, no valor de 5 mil reais, até que ela se restabeleça profissionalmente.”Claro que ela não vai aceitar, vai contestar isso judicialmente”, afirma uma pessoa da família, antes de explicar que o ex-casal não entrou em acordo e que só depois que a separação estiver legalmente resolvida, o que deve ocorrer em dezembro, Sthefany poderá entrar com uma ação dizendo qual o valor pretende.

“Caso a justiça dê ganho de causa a Sthefany, ela poderá receber a pensão por, no máximo, dois anos, porque tem uma profissão”, disse a fonte, sem, no entanto, confirmar se a atriz pretende pleitear os mesmos 50 mil reais que recebia de mesada do marido, enquanto estava casada.

No Rio, Sthefany tem procurado se divertir na companhia de amigos e parentes, como o irmão, o ator Kayky Brito, uma de suas companhias constantes. Segundo QUEM apurou, os pais de Sthefany estranharam o fato de Pato ter viajado para a capital fluminense na mesma época em que a atriz, já que ele, quando vinha para o Brasil, geralmente ia para a cidade em que nasceu, Pato Branco (PR). “Achamos que ele estava na cidade cuidando também do processo”, disse uma pessoa próxima à Sandra Brito, mãe de Sthefany.

Uma das melhores amigas de Sthefany, a produtora de moda Maíz Oliveira diz que a atriz está ótima. “Ela está muito bem, fazendo vários programas, tentando se divertir. Assim como ele foi para a Itália feliz, voltou do mesmo jeito”, disse. Outra amiga próxima diz que todos já sabem que, seja qual for o momento, o ex-marido é assunto proibido perto de Sthefany. “Ela não quer falar sobre esse assunto. Eles nunca mais se falaram nem se encontraram desde a separação, nem mesmo na Itália. Ela tentava evitar os lugares em que sabia que ele poderia estar”, comentou a fonte. Segundo um amigo de Pato, ele também não quer saber da ex. “Várias vezes o Pato foi buscar coisas dele em casa enquanto estava na Itália e ela não o deixava entrar. A mãe dela estava junto e atrapalhava também. Então, ele ficou de saco cheio e por causa dessas confusões ele não se falam mais”, disse o amigo.