Reprodução

Intérprete da ousada Stellla em “Passione”, Maitê Proença afirmou nesta quinta-feira (29) que a sua obsessão por uma vida saudável a livrou de se tornar uma alcóolatra.

“Posso aniquilar uma imagem construída com anos de alfafa e ioga. Mas este é um relato sobre contradições, e a verdade é que não fosse eu uma compulsiva por saúde, com a vida que me deram, e gostando como gosto, é bem provável que já tivesse me tornado alcoólatra. A virtude não está em não ter as deficiências, mas em querer domesticá-las”, afirmou ela, que também contou sobre as reformas que fez em sua casa de campo no fim de semana.

“Passei dois dias no campo brincando de casinha, mexendo, remexendo, redecorando, transformando. Mesas pra cima, pra baixo, lamparinas, cadeiras trocadas, poltronas empurradas, quadros, bancos, paredes mudaram de cor…uma ginástica! Quem estava junto reclamava atenção que não vinha porque eu não conseguia parar. Fiquei pensando que sou uma compulsiva até nisso”, disse.