Do Portal MSN

Rodolfo Carlos de Almeida, que fazia dupla com Cláudio Chirinhan, o ET, nas telinhas, venceu uma batalha judicial que movia contra o SBT desde 2009, por ter trabalhado por quase 12 anos como pessoa jurídica, sem carteira assinada.

rodolfo(Foto: Facebook)

Desempregado há mais de um ano e com depressão o jornalista já sabe o que fará com o dinheiro que receberá do canal da Anhanguera.

“Vou investir em terra e enxada. Um amigo engenheiro agrônomo me dá aulas. Vou plantar e colher, já que ninguém quer fazer isso. A minha saúde está ruim, estou morrendo de tristeza. Meu pai está vencendo um câncer e temos poucas condições financeiras. Estou desesperado”, declarou ao “Notícias da TV”.

Em 2012, o ex-repórter do “Domingo Legal” ganhou em primeira instância o direito de receber uma série de indenizações, como férias, 13º salário, Fundo de Garantia, aviso prévio e as diferenças da redução de salário que sofreu, de R$ 34 mil em 2000 para R$ 5.000 em 2009.

Ainda de acordo com a publicação, somando todos os itens, Rodolfo deverá uma “bolada” de alguns milhões de reais.

Para ler a matéria completa no Portal MSN clique aqui.