G1

O empresário Alexander Augusto de Almeida, de 39 anos, que ficou conhecido como “rei do camarote”, foi citado duas vezes na polícia como suspeito de agressão, uma contra a filha adolescente e outra contra sua então mulher, de acordo com boletins de ocorrência registrados na 5ª Delegacia de Defesa da Mulher, na Zona Leste da capital paulista, em 2008 e 2011. Os dois casos acabaram arquivados, segundo policiais civis ouvidos pelo G1. Clique aqui e leia matéria completa