Depois do atentado terrorista em Manchester, Inglaterra, durante o show de Ariana Grande, a cantora postou um tuíte no qual dizia estar “arrasada”. Ao lê-lo, Patrick Millsaps, pai de três pré-adolescentes fãs da cantora, escreveu uma carta aberta a ela.

(Foto: Reprodução)

“Você não tem nada para se desculpar. Se um idiota ficasse bêbado e matasse alguém com seu carro perto do seu hotel em Manchester, você se sentiria culpada?”, questionou. “Você não é mais responsável pelas ações de um covarde insano que cometeu um ato terrível nas suas proximidades do que seria por um desastre natural.”

O pai de Morgan, Alison e Kendall ainda recomendou que Ariana tirasse o tempo necessário para descansar e se recuperar do ocorrido. “Passe algum tempo com Deus, sua família, seus amigos, com quem te dará suporte e espaço quando você precisar”, escreveu.

“Quando e só quando você estiver pronta, em nome de todos os pais que amam… Hum… Cujas filhas amam sua música, cante de novo. Música é a língua internacional da paz”, pediu.

Millsaps aconselhou Ariana a, primeiro, tomar conta dela mesma, “seus fãs não vão a lugar nenhum”, escreveu. A carta foi postada no Twitter na terça-feira, 23, no dia seguinte ao atentado. Desde então, foi retuitada 22 mil vezes e curtida por 45 mil usuários.