Do Portal MSN

(Foto: Reprodução)

Durante uma reunião extraordinária realizada na última segunda-feira (3), o Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional concluiu que o “Pânico na Band” apresenta “conteúdo de gosto duvidoso e estético”, mas que não fere a Constituição. A apuração foi feita após um pedido do Ministério Público Federal, que destacou negativamente dois quadros da atração, “Beija Saco” e “Sidney Sertanejo”, exibidos em 2016.

Segundo o órgão, “os quadros citados e o próprio programa estão amparados pela Constituição Federal, pois se pode contestar a qualidade do humor oferecido aos telespectadores, mas nunca a sua finalidade artística e se igualam a vários outros programas exibidos pela televisão brasileira”.

Para ler a matéria completa no Portal MSN clique aqui.