estadao_conteudo_cor

ari-peixoto(Foto: Reprodução)

Durante o programa “Encontro” desta sexta-feira, 2, o jornalista Ari Peixoto voltou a se emocionar enquanto falava sobre o acidente de avião que envolveu o time da Chapeconese e jornalistas na Colômbia. Fátima Bernardes relembrou o choro ao vivo na edição do “Jornal Hoje” da última quinta-feira, dia 1º, o que causou comoção no repórter.

“Ontem a gente acompanhou o seu sofrimento e a sua descarga, num determinado momento, em que você não aguentou e você veio às lágrimas como todos nós já fizemos em vários momentos”, disse Fátima. Ele então respondeu: “É, exatamente por causa disso eu achei que ia conseguir falar. E aconteceu o que aconteceu agora. Quando a gente para a cobertura e conversamos com outros colegas jornalistas, a gente fala sobre isso e se ampara um no outro. Essa é uma força que a gente dá e recebe dos colegas, a gente se ampara, conversa, conta piadas, conta casos das pessoas que a gente conhecia… O meu cinegrafista aqui está chorando…”, disse Ari, que não conteve as lágrimas.

Então a imagem voltou para o estúdio e Fátima o consolou, desejando força para todos os jornalistas que estão cobrindo o acidente. “É uma cobertura que ninguém quer fazer, ninguém gosta Mas tem que fazer, né?”, finalizou Ari.

Na última quinta-feira, o repórter já havia se emocionado durante o “Jornal Hoje” ao falar da liberação do corpo de um colega da Globo, o jornalista Guilherme Marques. Nas redes sociais, porém, muitos telespectadores acusaram Fátima de explorar a tristeza de Ari, ao tocar no assunto do choro do repórter.

Assista abaixo: