Mãe de nove filhos, Elza Soares, 73 anos, impressiona pela energia. Com shows marcados semanalmente, ela se prepara para lançar seu décimo CD, “Arrepios”, e filmar a própria história em um longa-metragem. A cantora recebeu a repórter Priscila Bessa em sua casa, em Copacabana, no Rio de Janeiro, para responder às perguntas dos leitores enviadas ao site de QUEM.

Na entrevista, ela afirma que fará quantas plásticas precisar, diz que pretende posar nua em breve, conta que quase desistiu da carreira após perder o primeiro filho com o jogador Garrincha e fala sobre a relação com o marido, o empresário Bruno Lucide, de 28 anos, com quem se casou no civil, em 2009.

1 – Em algum momento pensou em abandonar a carreira?
Assis Lima, São Paulo (SP)
Lógico! Tem momentos em que você tem vontade de deixar tudo para trás. Aí, encontrei o Caetano Veloso, que disse: “Não, você não vai parar”. Gravamos juntos e fizemos um sucesso maravilhoso. Foi num tempinho em que fiquei desesperada. Perdi meu filho (Manuel, que morreu em 1986, aos 9 anos, num acidente de carro quando foi visitar o túmulo do pai, o jogador Mané Garrincha) e fiquei muito… (faz uma pausa e se emociona).

2 – Qual a melhor recordação que guarda do Garrincha?
Marcos da Rocha, Santos Dumont (MG)
É o homem que em 1962 deu a Copa ao Brasil. As Copas de 58 e 62 foram o Mané, mais ninguém, me desculpem os outros. Ele era um cara muito ingênuo. Mas, às vezes, ingenuidade demais mata. Quando estava sóbrio, não tinha pessoa igual.

3 – Você disse em uma entrevista que, se não fosse cantora, seria prostituta. Por quê?
Carlos Silva, Almadina (BA)
Porque todas nós somos prostitutas de vez em quando. Muitas vezes, damos sem nem cobrar nada, a gente se vende até por um beijo. Eu seria aquela que ganharia dinheiro para sustentar meus filhos. Eu também poderia ser um gay, porque me dou muito bem com gay. E olha para mim, pareço um veado. Adoro!

4 – Quantas plásticas já fez? Faria mais?
Karina Fraga, São Paulo (SP)
Se houver necessidade, meu bem… Se eu acordar de manhã, olhar no espelho e tiver um pedaço que eu não goste, mando tirar. Não fiz tantas plásticas como as pessoas imaginam, mas algumas. Boas e maravilhosas.

5 – Por que a preferência por homens mais novos?
Lucimara Trovão, Vera (MG)
Eles é que vêm em cima de mim (risos). Não tenho culpa de ser gostosa, né? Meu casamento com o Bruno está maravilhoso. Por incrível que pareça, ele vem a ser parente do meu primeiro marido (Elza casou-se aos 12 anos, forçada pelo pai, antes de conhecer Garrincha). Já estávamos juntos quando descobrimos e foi como se eu tivesse voltado para meu ex-marido.

6 – Quando fará um ensaio nu?
Luciano Silva, Santo André (SP)
Fiz um ensaio sensual para um site, para o Carnaval (em janeiro), foi lindo. Conversei com o Bruno e ele disse que não se incomoda. Meus filhos também não, então, vou fazer um nu em breve. Quero mostrar para a mulherada como a gente fica gostosa.

7 – Você vai tentar indenização por ter sido expulsa do país durante a ditadura?
Edson Silva, Itajaí (SC)
Quero, sim. Minha casa foi metralhada, me mandaram embora, não sei como nem por que, só sei que quando acordei estava na Itália, ao lado do Chico Buarque. Botaram meus filhos na rua, mandaram o Mané (Garrincha) embora. Um homem como ele ser expulso do país é um absurdo! O cara não tinha nada a ver com a política e eu tampouco.

8 – Recebeu mesmo um convite de Louis Armstrong para cantar na banda dele?
Iremar Romano, São Paulo (SP)
Ele fez, mas eu não podia porque tinha muitos filhos. Quando nos encontramos, eu queria chamar o cara para cumprimentar e disseram para eu falar “my father” (meu pai, em inglês, mas Elza pronuncia “my foder”). E eu: “Mas como é que vou falar para o cara ‘me f…’?”. O pessoal incentivou, só que eu não entendia porra nenhuma de inglês! Aí cheguei e falei: “My foder”. Pô, o cara gostou! Quando descobri que o tinha chamado de pai, vi que mandei bem.

9 – Quais são seus cinco cantores preferidos?
Vander Lima, Muriaé (MG)
Não posso dizer cinco preferidos. A única dor que tenho na vida é não ter tido um encontro com Chet Baker (trompetista e cantor americano, que morreu em 1988). Acho que faria uma loucura com ele. Juro. Já tive problema com o Bruno por causa disso. Ele tem ciúme porque eu tenho uma paixão por esse cara, acho que ele tem uma voz tão sensual, que te convida para a cama. Eu e o Bruno já tivemos algumas noites de um dormindo virado para cada lado por causa disso.

10 – Você fica brava quando perguntam sua idade?
Taiane Castro, Jundiaí (SP)
Fico. Porque acho que a vida são minutos, segundos. Porra, bicho, cada dia que passa tenho menos um. Aí, tem essas pessoas que falam: “Ai, que legal, hoje é meu aniversário!”. Não faço festa de aniversário porque acho uma besteira… Acorda, você perdeu mais um!

Reprodução