Da Folha

(Foto: EBC)

O ator Bill Paxton morreu neste domingo (26) após complicações em um procedimento cirúrgico, aos 61 anos. Segundo as revistas “Variey” e “The Hollywood Reporter”, a família divulgou um comunicado pedindo privacidade e relembrando que “Bill começou sua carreira em filmes de Hollywood trabalhando no departamento de artes, e passou a ter uma carreira ilustre abrangendo quatro décadas como um amado e prolífico ator e cineasta”.

Bill estreou como ator ainda nos anos 70, após fazer parte do departamento de arte de produções pequenas. Em 1986, trabalhou com James Cameron pela primeira vez em “Aliens, O Resgate”, continuação de “Alien: O Oitavo Passageiro” (1979).

Esteve também em “Apolo 13” (1995), com Tom Hanks, e em 1997 voltou a trabalhar com Cameron em “Titanic”, vivendo o explorador que busca uma valiosa joia nos destroços do navio. O papel é o mais lembrado de sua carreira, que inclui a série “Big Love – Amor Imenso”, entre 2006 e 2011, e personagens coadjuvantes em “O Abutre” e “No Limite do Amanhã”, ambos de 2014.

Para ler a matéria completa no UOL clique aqui.