Reprodução

Malu Mader não é do tipo que dá entrevistas com facilidade. Mas, na edição de julho da revista “Claudia”, a moça, que se recusa até a tirar fotos, contou que anda mesmo contraditória, elegeu a gula e a ira como seus pecados, falou dos filhos adolescentes, do marido roqueiro e explicou por que não tolera paparazzi.

Aos 43 anos, Malu está casada há 21 anos com o guitarrista do Titãs, Tony Bellotto, com quem tem dois filhos; João, de 15 anos, e Antônio, de 12. Questionada sobre o segredo de seu casamento, a atriz, diretora e produtora disse foi que já se casou várias vezes com o músico.

“Um recasamento só seria possível se tivesse acontecido uma separação, e ela nunca ocorreu. Pode acreditar. Estou sendo 100% verdadeira”, enfatiza a atriz, que complementa afirmando que não gosta de imaginar um casamento como esforço, apesar de saber que nem sempre é fácil encarar o dia a dia.

Ainda sobre seu relacionamento, Malu revela que nunca caiu na besteira de achar que seu marido estava conquistado. “Acho que esse é o primeiro passo para a desgraça de um casal que deseja continuar junto. Claro, viver em paz é o sonho de todos, mas para falar a verdade nunca consigo ter a sensação de uma paz plena. Sou colérica”, afirma ela, que assume ser uma mãe bem cabeça-aberta.

“Não existe assunto que não possa ser conversado aqui em casa. Eu até exagero um pouco. Eu era assim com meus pais também. Sexo, drogas e rock estão entre os assuntos preferidos. Acho que não só nossos”, diz. “Mas eles já nos influenciam também. E questionam. Gosto quando isso acontece. Filho educa muito”, analisa.

Sobre a questão de nunca ter feito plásticas ou mesmo Botox, Malu diz que não quer ser colocada no time das que não fazem plástica contra o das que fazem. “Cada uma sabe como gosta de se olhar no espelho. Até hoje não fiz plástica ou Botox, mas não me lembro de ter dito que nunca faria. Talvez não tenha feito por excesso de vaidade, por receio de um resultado ruim. E também por querer passar longe de hospital, cortes, sangue, pontos, sem que haja necessidade, pois há sempre riscos. Para ser sincera, até agora não doeu envelhecer. Estou em paz com meu corpo e com meu rosto”, afirma a bela complementando que isso também é culpa de seu marido: “Mesmo quando estou um pouco acima do peso, fico em paz. Devo isso ao Tony. É o olhar dele que me faz sentir bonita até hoje”, arremata.