Reprodução

Depois de sofrer ameaças pelo Twitter, rede de microblog pela Internet, a cantora Cláudia Leitte também se deparou com intimidações contra seu filho, o pequeno Davi, de 1 ano e 5 meses. Por meio da rede social, meninas chegaram a mandar mensagens dizendo que fariam boneco de vodu de seu filho.
A estrela não enfrenta um momento fácil em relação à rede mundial de computadores. Recentemente, se viu numa situação no mínimo constrangedora: fotos suas foram parar em site inglês de pornografia, identificando-a como Emmanuella, garota de programa bissexual com fluência em inglês e português. Claudia conta ainda que já enfrentou até problemas comerciais na Internet. Uma pessoa teria registrado o domínio de site com seu nome, no intuito de tirar vantagens financeiras dela mais tarde.
Para alertar sobre o perigo que as pessoas correm ao terem seus dados forjados na rede mundial de computadores, Claudia disse à revista Veja desta semana que pensa se engajar em campanha contra os riscos do mundo virtual.