(Foto: Instagram)

 

Após descobrir a identidade do responsável por tirar fotos nuas de Paolla Oliveira durante as gravações da série “Assédio”, a Globo decidiu tomar uma medida extrema. A emissora baniu o operador de câmera free-lancer de todo e qualquer trabalho dentro da empresa.

Segundo o jornal “Agora São Paulo”, a ideia é que o homem não participe de nenhuma produção do canal.

Além disso, criou-se um movimento entre cineastas, produtoras e roteiristas para que o assistente fosse afastado de seus trabalhos.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.