Festival de Curitiba 
O Festival de Curitiba encerra a 23a edição, neste domingo, contabilizando um público de 230 mil pessoas para 400 espetáculos, incluindo 11 mostras especiais, em 65 espaços da cidade. A Mostra deste ano trouxe 34 montagens, sendo quatro espetáculos internacionais, sete estreias nacionais e um ensaio aberto. O público teve a oportunidade de assistir a 66 espetáculos gratuitos, sendo que, destes, 56 eram de rua.

Tempo bom colabora com sucesso do Gastronomix
O Gastronomix começou movimentado no primeiro dia. O sol, a música e, claro, os diversos pratos de chefs renomados do Brasil e do exterior conquistaram e agradaram o público que se fez presente neste sábado, dia 5, no Museu Oscar Niemeyer. A programação, que faz parte do Festival de Curitiba, está na sexta edição e chamou a atenção pelaqualidade  dos pratos servidos. Destaque para o argentino Guido Tassi, dono do prestigiado Restó, em Buenos Aires, que serviu frango orgânico com temperos especiais, Bárbara Verzola e Pablo Pavon com o famoso ovo perfeito, Tereza Paim com o bobó de camarão e tantos outros chefs que prepararam diferentes porções entre carnes, risotos, saladas, massas e sobremesas.

Público participa do preparo dos pratos
No domingo, a partir das 11h, os 20 chefs do Gastronomix, com curadoria do Celso Freire, começam a receber o público. Às 15h, haverá show e as surpresas não param. São aulas show, drinks personalizados e ainda tem a Eletrolux dando a oportunidade para as pessoas prepararem os próprios pratos. Serão oferecidas quatro aulas para dez participantes: 12h, 13h15, 14h30 e 15h45. A inscrição é por ordem de chegada. Após a preparação do alimento, o aluno pode convidar um acompanhante para degustar o prato. Convide familiares e amigos e venha fazer parte da quermesse de alta gastronomia. Os ingressos custam R$ 10 e os pratos variam de R$ 12 a R$ 15. Informações no 
www.festivaldecuritiba.com.br

Recorde fotográfico
A equipe fotográfica do Festival de Curitiba registrou um recorde de imagens nesta edição do evento. Estima-se que pelo menos 100 mil cliques foram feitos durante os 13 dias de festival, contabilizados até o último minuto de hoje. Um acervo gigantesco, que certamente tem grande significado para o registro da história do Teatro Brasileiro.

Festival segue com o Guritiba
A 23.ª edição do Festival de Curitiba se estica por mais uma semana com o Guritiba. A mostra de teatro infantil segue até 13 de abril. Hoje (6) “Sobrevoar”, da Cia do Abração, tem apresentação às 19h. A programação segue com “O Buraco do Muro” (8 e 9/4), “Rádio Show – Banda Mirim” (10 e 11/4), “Operilda” (12 e 13/4) e “O Médico que tinha Letra Bonita” (12 e 13/4). A partir desta segunda-feira (7), os ingressospara o Guritiba – a R$40 e R$20 – poderão ser adquiridos pelo site do Festival (www.festivaldecuritiba.com.br) e na bilheteria do ParkShoppingBarigüi. Segue valendo também o combo-família: na compra de dois ou mais ingressos todos pagam meia-entrada para assistir aos espetáculos do Guritiba. Mais informações:www.festivaldecuritiba.com.br/guritiba.

Dia para se despedir
Hoje é o último dia para ver os espetáculos da Mostra 2014. O cardápio é bem variado: “Paixão e Fúria – Callas o Mito” – obra instigante de José Possi Neto sobre a diva do canto lírico, Maria Callas; “A Toca do Coelho” – um drama com direção de Dan Stulbach, com Reynaldo Gianecchini e Maria Fernanda Cândido no elenco, e produção da Simone Zucato; “Nem Mesmo Todo o Oceano” – um drama que cabe bem no momento nacional, pois trata de eventos ocorridos durante a ditadura; “Pesadelo” – da Trilogia dos Sonhos, uma das estreias nacionais do Festival; “Conselho de Classe” – da Cia dos Atores, que trata sobre a educação no Brasil; e “Nus, Ferozes e Antropófagos” – um experimento cênico binacional que recebeu muitos elogios de quem assistiu esse ensaio aberto ontem (sábado).