Do Portal MSN

O cantor André Gabeh, que participou da primeira edição do Big Brother Brasil, está fazendo uma campanha após ter sofrido uma grave agressão de um parente, no dia 2 de março. Envolvido com a música há cerca de vinte anos, ele se viu sem poder cantar por causa dos ferimentos às vésperas do lançamento de seu álbum, O Jardim de André Gabeh, que havia sido bancado por financiamento coletivo. Com o episódio de violência, o site Embolacha, onde o projeto do disco estava hospedado, resolveu reativar a campanha de arrecadação para ajudar o cantor e sua família. É possível ajudar com valores entre 20 e 800 reais – as recompensas vão de download do álbum até um pacote que inclui um quadro pintado pelo cantor e o disco em suas versões física e virtual.

(Foto: Divulgação)

Gabeh levou socos e foi enforcado, quebrou uma costela, fraturou o maxilar e teve o septo nasal destruído por causa da agressão. “Sofri uma tentativa de assassinato. Fui agredido brutalmente por uma pessoa que é muito maior do que eu e domina vários tipos de luta”, diz o cantor a VEJA. Gabeh conta que estava sozinho com essa pessoa em casa e não reagiu aos socos que levou. “Primeiro ele me deu um soco no ouvido. Achei que ia parar. Quando respirei, ele me atingiu na outra direção e me encheu de socos no nariz, cabeça, costela. Pensei: ‘Não vou reagir, porque senão vou morrer mais rápido. Minha esperança era a de que se eu não reagisse, ele acordaria do que estava fazendo.‘”

De acordo com Gabeh, esta foi a quarta vez que o parente o agrediu – nas duas primeiras, ele revidou. Na terceira, que aconteceu durante uma festa familiar cerca de quatro anos atrás, o cantor pensou em denunciar a pessoa, mas decidiu não o fazer para preservar sua família. Desde esse episódio, André Gabeh não falava mais com o parente, embora eles morassem na mesma casa, com os pais do músico.

Para ler a matéria completa no Portal MSN clique aqui.